quarta-feira, 29 de novembro de 2017

APARTAMENTO NO RESIDENCIAL ALTO BONITO PEGA FOGO

O fogo pode ter sido ocasionado por um curto circuito na tomada elétrica no quarto do apartamento

fotos: Caetano Silva
Caetano Silva -Segundo informações de populares os moradores do apartamento estariam viajando e o local estava fechado.  Os moradores relataram que o fogo teria sido motivado por um curto circuito na tomada elétrica do quarto se espalhando por quase todos os cômodos. Acionados pelos residentes uma equipe do corpo de bombeiros chegou ao local e conseguiu conter as chamas antes que se espalhasse por todo condomínio. Dois moradores tentaram combater as chamas e acabaram ficando feridos, um dele se feriu em uma das mãos e o outro passou mal devido ter inalado a fumaça tóxica.
Os dois receberam atendimento na ambulância e após serem medicados liberados. Os moradores do residencial reclamaram ainda que no local existe uma mangueira ligada a bomba d’água, mais no momento da emergência a mesma não funcionou.

“Isso é um descaso com a população. No condômino existe um sindico para justamente atender as necessidades dos moradores, mais a administração não funciona como deveria e as famílias ficam abandonadas no local. Poderia ter ocorrido algo mais grave e fogo se alastrado. Tentamos utilizar a mangueira da bomba d’água do condomínio mais ela não funcionou por que não tinha água.” Kenedy Modesto – morador do Alto Bonito.


O incêndio iniciou no apartamento 21 do bloco 15 do residencial e deixou os moradores assustados e por pouco não se transformou em uma tragédia maior. O fogo foi controlado por uma equipe do corpo de bombeiros, de acordo com os militares somente uma perícia no local poderá apontar as causas do incêndio.

“Quando chegamos no local a população já havia controlado o fogo e fizemos somente o trabalho de rescaldo. A causa do incêndio a princípio ainda é desconhecido, apenas uma perícia caso seja requisitada irá apontar o que ocasionou o fato o incêndio.” Ressaltou o Sargento Rosildo do Corpo de Bombeiros.

Boa parte dos bens matérias foram consumidos pelo fogo.  O Residencial Alto Bonito foi entregue pela prefeitura de Parauapebas, recentemente aos moradores beneficiados com o projeto social habitacional. Em menos de um ano da entrega esse é o primeiro caso de incêndio registrados no local. Lembrando que os apartamentos contam com extintores e rota de fuga que garante a segurança das famílias que vivem no local.

Em nota a Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Habitação (Sehab), informou que em relação ao incêndio registrado em uma unidade do Residencial Alto Bonito, todas as providências começaram a ser tomadas ainda na noite do acontecimento.

A Sehab esclarece que o incêndio foi rapidamente contido pelo Corpo de Bombeiros, e que, felizmente, nenhuma vítima foi registrada no local. Já na manhã desta quarta-feira, 29, foram realizados todos os reparos necessários na unidade atingida.

A secretaria ressalta que todos os itens de segurança e de combate a incêndios foram instalados no empreendimento, conforme estabelece a legislação. E que toda a estrutura passou por vistoria e aprovação do Corpo de Bombeiros.

Por fim, a Sehab afirma que todos os moradores foram e continuam sendo orientados sobre procedimentos de segurança a serem tomados em situações de emergência. Uma equipe da Sehab fica permanentemente no empreendimento, prestando assistência social aos moradores, em respeito ao que determina o Programa Nossa Casa, Minha Vida.

PM recupera mais uma moto roubada

Francisco Moreira Lima Filho, 18 anos de idade, e um adolescente de 17, foram apresentados na delegacia acusados de receptação. com eles a polícia apreendeu a moto Honda POP, vermelha, sem placa, com registro de roubo.

Os indivíduos foram pegos na rua 24 de Março, bairro da Paz, por volta das 23h30 de terça-feira, 28, quando os mesmo circulavam na área em atitude suspeita, momento em que chamou a atenção da guarnição. Na revista realizado junto aos ocupantes da POP, que estava sem placa a polícia desconfiou dos mesmos e os abordou.


Ao serem indagados pela polícia sobre a origem da moto o adolescente que pilotava o pequeno veículo disse que a mesma seria de uma tia dele, mais a guarnição não acreditou na história deles e os apresentou na delegacia.

Entretanto num boletins de ocorrência registrado pela dona da moto na delegacia virtual consta que a mesma fora tomada de assalto no último dia 22, por um indivíduo armado.

Procurado pela reportagem os apresentados não quiseram falar com a imprensa. (Caetano Silva)

Dupla foge de blitz e PM prende por tráfico

Romário Silva de Sousa e José Neto Filho ambos maiores de idade, foram presos e apresentados na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, por volta das 17 h00, de terça-feira, 28, acusados de tráfico de entorpecente. Os mesmos foram pegos pela guarnição do sargento PM Magalhães e soldado PM Dércio.

Segundo a polícia, na revista realizada na dupla foi encontrado no bolso de um deles alguns papelotes de maconha prensada totalizando quase 65 gramas e 150 reais em dinheiro que a polícia acredita ser dinheiro da venda do entorpecente.

De acordo com o sargento Magalhães sua guarnição realizava policiamento no bairro Rio Verde, e ao passar pela rua Beira Rio, se depararam com os dois em atitude suspeita em uma moto Honda, Biz branca. Na abordagem e revista foi encontrado os papelotes de maconha prensada.

"Diante da situação conduzimos os dois até a delegacia para os procedimentos cabíveis, ressaltou o policial acrescentando que a moto que a dupla ocupava tambem foi apreendida e apresentada aos agentes do Detran tendo em vista que a mesma estava com o licenciamento atrasado.
Além de 12 inflações de trânsito e como estávamos perto da blits apresentamos a moto aos agentes de trânsito do Detran por que na hora em que avistamos a dupla estávamos indo dar apoio para o pessoal da blitz e os acusados vieram de encontro com a nossa viatura", disse o PM.
Romário Silva é figura conhecida da polícia pelo crime de tráfico de entorpecente.

(Caetano Silva)

Discussão entre dono de bar e cliente leva os dois ao hospital

Um desentendimento entre um comerciante e um cliente por causa de bebida alcoólica que o dono do comercio não quis vender ao freguês terminou em esfaqueamento e baleamento. Informações que estão sendo apuradas pela Policia dão conta que o homem de 65 anos de idade teria chegado no estabelecimento e falado bebida fiado e como o dono do bar se recusou em vender o ancião o esfaqueou. Entretanto antes que deixasse o local o dono do estabelecimento revidou a tirando em seu algoz.

Ainda segundo informações colhida no local a confusão entre os dois começou quando o ancião de 65 anos de idade de prenome Raimundo chegou no estabelecimento localizado na rua Grécia esquina com Caena, Novo Horizonte, Parauapebas,  e queria beber sem pagar o que não teria sido aceito pelo dono do bar ao se recusar vender para o cliente o mesmo teria zangado e partido para cima do dono do bar, vindo a ferir o mesmo com uma faca.

Ao ser esfaqueado o dono do bar sacou de uma arma de fogo e atirou contra Raimundo que baleado ainda correu um quarteirão vindo a cair na avenida Inglaterra.

Ambos foram socorridos  pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados para o Hospital Municipal de Parauapebas onde receberam atendimento médico. (Caetano Silva)

DUPLA PRESA ACUSADA POR TRÁFICO DE DROGAS


PM É PRESO ACUSADO DA MORTE DE CONSELHEIRO


HOMEM MORRE APÓS BRIGA EM BAR


DUPLA É PRESA COM PAPELOTES DE MACONHA


FAMÍLIA DE PASTOR PERUANO PEDE AJUDA


HOMICÍDIO NA PRAÇA DO BAIRRO LIBERDADE


sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Foragido de Marabá é capturado em Parauapebas

Por volta das 13h50, de segunda-feira, 13, a guarnição da Rocam composta pelos PMs, cabo Rosário, soldado Leal e Moura

prendeu o nacional Wesley Barbosa da Silva, 24 anos de idade.

O mesmo havia fugido a mais de 30 dias do Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes, (CRAMA), onde se encontrava custodiado por infrigir os artigos penais roubo 157, e estupro 213.

De acordo com o soldado Leal, o foragido foi capturado na rua Café Filho, 1319, bairro Altamira, Parauapebas, através de denúncia anônima ao Centro de Controle Operacional (CCO), que dava conta de um présidiario que se encontrava escondido no logradouro.

Momento que atendendo a solicitação do CCO, para que fosse averiguar a denúncia a guarnição constatou a veracidade da informação e de imediato prendeu o foragido que se encontrava homisiado na casa da mãe dele.

De acordo com informações Wesley puxava cadeia no Crama acusado de infrigir dois artigos 157 e 213 do CPB, roubo e estupro.

Segundo o próprio acusado os dois crimes ocorreram em 2011, em Marabá, e ele estava pinado de lá havia mais de 30 dias.

Ele contou para reportagem que o roubo ele cometeu e quanto ao estupro teria sido o pai de uma menina de 16 anos que o denunciou, mas que não houve estupro algum.

Com essa já são duas vezes que Wesley Barbosa e capturado pela polícia no mesmo endereço. (Caetano Silva)

DUPLA PRESA ACUSADA DE ASSALTOS


JOVENS PRESOS COM UM SIMULACRO


PRESO ACUSADO DE TRÁFICO DE DROGAS


Três supostos assaltantes tombam em refrenga com a polícia


sexta-feira, 10 de novembro de 2017

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Suposto traficante é assassinado na VS-10


Homem é preso acusado de furtar casa por sete vezes


Confusão entre taxista e Uber vai parar na delegacia


QUATRO PRESOS E DOIS APREENDIDOS POR TRÁFICO


PM prende dupla com moto roubada


PRESO ACUSADO DE TRÁFICO DE DROGAS


DUPLA PRESA ACUSADA DE TRÁFICO DE DROGAS


31 DE OUTUBRO, DIA DO REPÓRTER POLICIAL


DUPLA PRESA COM ENTORPECENTES


Casal é preso acusado de tráfico de droga


TRABALHADOR RURAL MORTO A PEDRADAS


HOMEM É PRESO ACUSADO DE ASSALTO


RESIDÊNCIA PEGA FOGO NO BAIRRO BETÂNIA


Enfermeira encontrada morta em seu quarto


ASSALTANTE É SURPREENDIDO PELA POPULAÇÃO


PRESO COM MENOR CONSUMINDO BEBIDA ALCOÓLICA


JOVEM É MORTO A TIROS NO BAIRRO BETÂNIA


PRESO ACUSADO DE ROUBO DE MOTOS


quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Colonos da área do contestado se reúne com Vale e Incra



https://www.facebook.com/BarraPesadaPup/videos/1906585026023839/
Depois de uma paralisação realizada no dia 07, de setembro, próximo passado por representantes da Frente Nacional da Luta (FNL), e colonos da área do contestado, área localizada entre os municípios de Marabá e Parauapebas, que durou cerca de 12 horas, causando prejuízos para mineradora Vale. A reação da entidade e trabalhadores rurais surtiu efeito momento em que conseguiram trazer vários representantes não só da mineradora como também do Incra Nacional para uma conversa com os colonos que a mais de 20 anos sofrem com os descasos dos órgãos públicos.

Na manhã do dia 24/10/2017, aconteceu uma reunião entre representantes de 28 áreas da região conhecida do contestado, empresa Vale, Incra entre outros órgãos.
Na reunião que aconteceu em um palanque montado na Vila Conquista, localizada há cerca de 66 quilômetros de Parauapebas contou com a presença de representantes do INCRA nacional, mineradora VALE, e da Frente Nacional de Luta (FNL), idealizada pela diretoria do PA Alto Bonito e coordenação de base da Frente Nacional de Luta em Parauapebas.

O evento reuniu cerca de 500 colonos dos 28 PAS– Projetos de Assentamento Sustentável da Amazônia que fazem parte da área do contestado.

Em meio a uma série de reivindicações, entre elas construção de escolas e creches e aberturas de estradas para o escoamento da produção. Se dirigindo ao ouvidor do Incra Nacional o colono Alberto Machado Campos, mais conhecido por "Paquinha", pediu o microfone e se dirigiu ao ouvidor do Incra Nacional José Líbio, pediu até pelo amor de Deus para que quando ele fosse falar com o prefeito de Marabá disse a ao mesmo que olhasse para situação dos trabalhadores daque região. "Quero lhe pedi que quando o senhor for conversar com o prefeito de Marabá lembre a ele que por falta de escola cerca de 40 crianças foram obrigadas a sair da Vila Albanir para estudar na cidade e com isso os pais de famílias estão vendendo o que tem para poder sustentar seus filhos na cidade", cobrou. Os convidados também ouviram o desabafo de quem sente na pele as dificuldades de viver no campo onde não existe representantes políticos.

Só pra se ter uma ideia na Vila Conquista o centro comunitária foi transformado em uma escola e em a sala de aula a professora, quando tem dar aula para alunos de três série ao mesmo tempo.

Depois de ouvir os questionamentos dos trabalhadores rurais, a ouvidoria do INCRA em Brasília se posicionou favorável as reivindicações dos colonos.
Nem um representante político de Parauapebas e Marabá, participou da reunião.
Já a mineradora VALE, que atua na área do contestado atendeu ao convite e enviou um representante.
Para a Frente Nacional de Luta, a reunião superou as expectativas.
Agora é torcer para que os projetos apresentados não fiquem no papel.
Depois do acordo verbal entre o FNL e representantes agora é aguardar o cumprimento dos projetos que se colocados em prática podem melhorar a vida dos trabalhadores rurais da região.

Na conversa ficou acordado que em 30 dias haverá uma outro reunião. (Caetano Silva)

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Parauapebas- Mãe de família morre atropelada no Novo Horizonte

A dona de casa e mãe de família identificada na manhã de hoje domingo, 22, por Maria da Guia do Nascimento, 49 anos de idade, morreu no início da noite de ontem sábado, 21, ao ser atropelada por uma moto Bros de cor e placa não anotada e piloto não identificado.

O fatídico acomteceu por volta das 19h30, na Avenida Caiena entre as ruas Tóquio e Grécia, bairro Novo Horizonte, Parauapebas, após a vítima deixava um estabelecimento momento em que ao descer a calçada passando pela frente de caminhão que se encontrava estacionado no local foi abalroado pela motocicleta que trafegava pelo local em alta velocidade. As informações foi que devido o caminhão o motoqueiro não teria avistado a mulher que ao atravessar a avenida foi abalrroada
Pela moto.

Ainda segundo informações ao bater na vítima o piloto que se desequilíbrou foi de escondo com o canteiro que divide a avenida, instante em que ainda parou e foi até a vítima momento em que mandaram o mesmo deixar o local, do contrário seria preso em flagrante.

Na tentativa de reanimar a vítima que caiu no meio da pista moradores vizinhos ao acidente ainda fizeram massagem cardíaca em Maria da Guia, porém se sucesso, a vítima veio a óbito antes da chegada da ambulância do SAMU.

Após os levantamentos de praxe realizados pela equipe de investigadores de Polícia Civil o corpo da mãe de família foi removido do local pela equipe de remoção do Instituto Médico Legal ( IML ) e encaminhado para exame de necropsia no Centro de Perícia Científica Renato Chaves de Parauapebas. (Caetano Silva)

Homem vira cavalo do cão e quebra porta de vidro da delegacia

Tinha tudo para ser uma simples  apresentação de alcoolemia se não fosse a prepotência, ignorância e o vexame que o motorista Elinaldo Sandro Araújo Morais, 41 anos de idade, fez sua família passar, na madrugada de sábado, 21, ao receber voz de prisão após se envolver em um acidente de trânsito quando supostamente embriagado dirigia um veículo Saveiro, vermelha placa QDF-1486, Parauapebas, PA, na rua Rio de Janeiro, bairro da Paz.

O mesmo foi autuado em flagrante pelo delegado Dufrae Abade, por alcoolemia, desacato e dano qualificado ao patrimônio público, uma vez que quebrou o vidro da porta de entrada da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas. Após os procedimentos Elinaldo Araújo ficou recolhido a disposição da justiça.

Todo começou por volta das 02 h00, da madrugada como conta o sargento PM Ademilson,

"Estavamos em patrulhamento ostensivo pela região do bairro Rio Verde, quando nos depararamos com um acidente de trânsito sem vítima, logo foi constatado que um dos envolvidos era o motorista identificado ELINALDO SANDRO ARAUJO MORAES, que apresentava visível sintoma de embriaguez alcoólica, exalando , odor muito forte de álcool. 

Ao ser solicitado pela guarnição para que apresentasse sua CNH e documentos do veiculo, o homem se alterou gritando, xingando e ofendendo a mim e ao meu companheiro de serviço com palavras de baixo calão, nos chamando de ladrões , filhos de rapariga" e outras palavras do gênero", contou o policial, que mediante o desagravo foi necessário o uso das algemas. "No caminho para delegacia, o acusado conseguiu abrir a porta da viatura e se jogou do veículo em movimento fezando com que a algema abrisse" relatou o PM, acrescentando que após isso, como ele estava com os braços livres, o acusado partiu para cima da guarnição desferindo socos tentando atingir os rostos dos policiais. 

No boletim de ocorrência registrado na delegacia consta ainda que não bastando, o homem ainda tentou tomar a arma do policial.

Mediante a situação ainda segundo o sargento foi solicitado reforço, chegando no local as VTR 2305 e 2301, solicitando também a presença do guincho do Departamemto Municipal Transpprte e Turismo (DMTT), para remoção do veículo até a delegacia.

Ao chegar na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, ELINALDO SANDRO, que estava totalmente enfurecido na presença de sua mãe, uma irmã e de policiais civil que estavam no plantão, se jogou de cabeça contra a parede e contra a porta de vidro de entrada da delegacia vindo a quebrar a mesma, acarretando cortes na cabeça e nos pés devido aos estilhaços.

Ainda na delegacia quando era apresentado o motorista que não parecia está só rangia os dentes e continuava ofendendo verbalmente a guarnição com palavras de baixo calão, chamando os policiais para luta corporal. (Caetano Silva)

PM prende dupla formada por deficiente físico e adolescente

Wemerson Rodrigues de Albuquerque, 19 anos de idade, e o adolescente de 16, foram pegos nas Casas Populares II, pela guarnição do sargento PM Severo e soldado PM Miller, após a dupla terem práticado três assaltos a transeuntes, duas de suas vítimas foram surpreendidas pela dupla em uma moto Biz, prata, placa NSN-1804, Parauapebas, PA, no bairro Casas Populares os acusados fizeram duas vitimas uma delas o meliantes apalparam as partes íntimas das vítimas, o terceiro roubo antes da prisão dos larápios ocorreu no bairro do Minérios.

Um dos  detalhes  repassado pelas vítimas ajudou a polícia a chegar nos assaltantes, o que estava pilotando a motocicleta era perneta ou seja não tinha a perna esquerda, na abordagem e revista pessoal realizada na dupla foi encontrado na cintura do adolescente enquanto que o usava moleta pilotava a moto.

Procurado pela reportagem os mesmos não quizeram falar com a imprensa. Além de um simulacro de uma pistola 380, a guarnição também apresentou ao delegado Dufrae Abade dois celulares das vítimas assaltadas e encontrados em poder da dupla. (Caetano Silva)

Suspeito da morte de cabo da PM confessa o crime

Eduardo Araújo Barbosa, 20 anos de idade, que estava em silêncio desde sua prisão realizada pela Polícia Militar manhã de sexta feira, 13, apontado como um dos envolvidos na morte do Polícia Militar Raimundo Nonato Oliveira de Souza, cabo PM N. Oliveira, também conhecido por cabo "Santarém", confessou o crime em depoimento na tarde da última terça-feira,17, a reportagem não teve acesso ao depoimento do mesmo, entretanto as informações dão canta que ele relatou que a chegada deles na casa do policial seria para roubar e não para matá-lo.

O caso aconteceu por volta das 23 h00 do dia 11 de setembro, no interior da residência da vítima no bairro Cidade Jardim, em Parauapebas. quando quatro indivíduos invadiram a casa do policial que se preparava para dormir, momento em que passaram a torturar-lo e a esfaquear-lo baleando a vítima com 4 tiros da própria arma.

Eduardo Araújo foi preso no bairro dos Minérios, mediante mandado de prisão temporária expedida pela justiça de Parauapebas.

A polícia levará o mesmo até a Vila Sororó onde outros dois envolvidos no crime tombaram em confronto com a Polícia de Marabá, após terem assaltado uma loja naquela localidade.

Na fuga na hora da interação policial, segundo informações a pistola PT-40 do policial levada pelos assassinos após o matarem, teria sido jogada no matagal próximo onde os mesmos foram abordados pela polícia.

(Caetano silva)

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Preso motorista que atropelou moto-taxista

Encontra-se preso a disposição da justiça o mecânico Mozaniel Costa Ferreira, 44 anos de idade, motorista do veículo que atropelou o moto-taxista Diolino das Chagas Brito, de 43 anos. O acidente aconteceu na noite de sábado, 14, quando a vítima trafegava na moto Honda CG 150 FAN cor amarela, placa OFP-2754, Parauapebas, PA, pela rodovia PA-275, perímetro urbano entre os bairros Novo Brasil e Cidade Jardim, instante em que foi atropelado por um veículo Eco-sport cor vermelha, de placa OTD-3177, conduzido por Mozaniel Costa,
que segundo informações apresentava visível sintomas de embriaguez momento em que teria avançado a contramão da pista, colidindo com Diolino Chagas. Na colisão a vítima, sofreu fraturas expostas quebrando o fêmur esquerdo.
Socorrido o mesmo foi levado ao Hospital Municipal de Parauapebas, enquanto que o motorista foi preso em flagrante e apresentado a polícia.

Indignados com a irresponsabilidade do motorista, vários moto-taxistas foram para a frente da delegacia. Os mesmos procuravam saber se o acusado iria ficar preso ou não.

Um dos colegas de trabalho de Diolino Chagas, disse para reportagem que a vitima trabalhava na moto locada e que pagava cerca de 800 reais de aluguel e que também sustentava sua família (esposa e dois filhos menores) com as corridas que fazia. "Queremos que o motorista se responsabilize em assumir seus atos e também que tenha a responsabilidade de ajudar nosso amigo que agora com a perna quebrada ficará muitos dias sem trabalhar. Quem irá trazer o pão de cada dia aos filhos dele?", cobrou. 

Com receio que os moto taxistas furiosos colocasse fogo no veículo do causador do acidente, o delegado plantonista Fabrício Andrade pediu ao motorista do guincho que levasse o eco-sport para outro local e não ficasse na frente da delegacia como de praxe acontece com os veículos que se envolvem em acidente com vítimas graves.

De acordo com o delegado Fabrício Andrade o acidente causou lesões graves ao moto-taxista que teve faturas expostas. "Conversei com o médico, ele nós relatou que vai demorar no mínimo 6 meses para a vítima se recuperar" por isso o motorista foi autuado por dois crimes: por embriaguez ao volante e pelo crime de lesão corporal culposa cometida na condução de veículo automotor. Ainda de acordo com o delegado, em virtude dos dois crimes não será arbitrada fiança policial, de modo que o motorista do carro foi autuado e encaminhado para carceragem da SUSIPE no bairro Verde, e na segunda-feira, 16, o mesmo foi apresentado na audiência de custódia, ficando a disposição da justiça.

O delegado faz uma alerta a sociedade informando que quando nós assumirmos o volante de um veículo em estado de embriaguez, assumimos o risco e se ocorrer o motorista estar se enquadrando no artigos 306 e artigo 303, do Código Penal Brasileiro (CPB), que é a lesão corporal culposa, cometida pelo motorista embriagado conduzindo veículo, então as somas das penas máximas impende que o delegado de polícia arbitre fiança. "Criaram uma fantasia que tem que ser feito o exame de dosagem alcoólica ou bafômetro isso é (mito) desde 2012, ouve uma alteração na lei e de qualquer forma é direito admitido de provas ela é válida se o agente público atestar visualmente por que é possível ao ser humano presumir ou pelo menos inferir de que a pessoa está embriagada ou até mesmo se o sujeito está com um hálito de bebida alcoólica assim sendo ele não fala de modo coerente, ele não se sustenta em pé, eu como agente aplicador da lei posso atestar que o mesmo estar sobre efeito de álcool e os polícias que fizeram a atuação são agentes públicos e eles podem atestar que o sujeito estar embriagado ou não, a lei leva em consideração a constatação feita pelo agente público que é o policial", ressaltou o delegado, acrescentando que quando a perícia não é realizada no local o delegado inclui nos procedimentos e fragrante o prontuário médico e também o atestado da situação do paciente da vítima. Texto: (Neide Folha reportagem Caetano Silva)

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Rastreados: Assaltaram família e foram presos

Caetano Silva - Por volta das 03h10, da madrugada de domingo, 15, a guarnição do Grupo Tático Operacional (GTO), composta pelo sargento PM J Ricardo, cabo P Silva e soldado Oliveira, apresentou na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas para o delegado plantonista Fabrício Andrade, os nacionais Wanderson Meireles Rodrigues, 24 anos de idade, Gildinelio Dutra de Rezende, 22, e Marcos Silva Montes, 18, acusados de terem assaltado uma família em uma festinha no bairro da Paz. A polícia chegou ao trio através do rastreamento de um dos celulares roubados, levando a policia até ao bairro dos Minérios onde o trio foi preso. Com os mesmos a polícia recuperou três aparelhos celulares, e 290 reais em dinheiro. 


De acordo com uma das vítimas, o assalto ocorreu por volta das 23h30, de sábado 13, na rua Do Arame com Chico Mendes, bairro da Paz, quando ele e mais dois parentes se encontravam na calçada conversando, momento em que foram surpreendidos pelo trio, instante em que um deles armado e empunhando a arma ordenou que as vítimas entrasse.

Dentro da residência os assaltantes realizaram o limpa nas vítimas, levando celulares, tablet, carteiras porta cédula com dinheiro dentro totalizando 1.500 reais. Para não serem seguido uma vez estavam a pé, os bandidos também levaram as chaves dos veículos dos que se encontravam na casa. Assim que os acusados foram apresentados, cinco vítimas chegaram na delegacia e reconheceram os mesmos como sendo os autores do assalto que sofreram.

A reportagem tentou conversar com os acusados, entretanto os mesmos não quiseram falar com a imprensa. A família agradece ao empenho da guarnição que acreditou nas informações dando todo apoio nas buscas e rastreamento dos bandidos.

População lincha até a morte suposto assaltante

Por volta das 18 h40 de sábado, 14, a guarnição do sargento PM R. Matos e soldado PM Lioni, realizava policiamento no bairro Cidade Jardim, quando recebeu a informação via Centro de Controle Operacional (CCO), dando conta do linchamento de assaltante que estaria ocorrendo na rua R-11, naquele mesmo bairro.

De acordo com o policial Lioni, ao chegar no local nada foi encontrado, entretanto minutos depois a mesma viatura recebeu informação de uma pessoa morta nas proximidades da Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Ao averiguar a situação, a guarnição se deparou com o corpo de um homem caído ao solo já agonizando, momento em que os policiais tentaram socorrer-lo, no entanto o rapaz de identidade ainda desconhecida não resistiu aos ferimentos vindo a óbito a caminho do hospital.

Em ato contínuo o corpo do rapaz foi conduzido pela camionete da PM, para delegacia de onde foi recebido pela equipe do Instituto Médico Legal ( IML ) e encaminhado para necropsia no Centro de Perícia Científica Renato Chaves de Parauapebas. (Caetano Silva)

domingo, 15 de outubro de 2017

Mais um padrasto preso acusado de estupro de vulnerável

 Em menos de 10 dias três pessoas foram parar na cadeia acusadas de estupro de vulnerável. Dia 04, Cleldeir Lima de Almeida, 32 anos de idade, acusado de tentativa de estupro, contra uma criança de 12 anos. Na terça-feira, 10, Elves Araújo Santos, 26, foi preso acusado de estuprar sua própria enteada de 11 anos de idade.

Assim como os dois últimos acusados, foi encaminhado na manhã de sábado, 14, para uma das celas da área carcerária da Susipe em Parauapebas, o homem identificado por Edicleio Arrocho, 30 anos de idade, preso no inicio da noite anterior, acusado de estupro de vulnerável tendo como vítima sua própria enteada de apenas 11 anos de idade. As informações dão conta que o ato criminoso vinha sendo praticado há cerca de cinco anos.
Edicleio Arrocho foi preso em sua residência na rua Espírito Santo, bairro Liberdade II, após denúncia ao agente de proteção da vara da infância e adolescência de Parauapebas, Murilo Sousa, que com apoio da guarnição composta pelo sargento PM M. Silva e cabo PM Di Assis se dirigiram ao local onde prenderam o acusado de estupro e um traficante com 6 petecas de crack. “Já havia uma denúncia contra o mesmo a bastante tempo. Fomos na casa dele por duas vezes durante o dia, não conseguirmos pegá-lo, agora a noite tivemos êxito de encontrá-lo. Ao chegamos na residência dele nos deparamos com outra situação, um indivíduo vendendo droga na casa do acusado. Eles não esperavam a nossa presença. Chegamos lá e encontramos drogas e conseguimos prender também o traficante identificado por Evandro Lourena da Costa, 31 anos, figura conhecida da polícia, preso anteriormente pelo mesmo crime de tráfico”. Explicou o sargento.

Murilo Sousa, agente de proteção da vara da infância e adolescência de Parauapebas, contou que recebeu a denuncia na sexta-feira e que as informações davam conta que o caso vinha acontecendo a muito tempo. Nós procuramos a delegacia e comunicamos o caso ao delegado plantonista, ao anoitecer com apoio da GU fomos até ao logradouro informado, onde prendemos o acusado de estupro e um traficante.

Ainda segundo Murilo tudo está esclarecido, tanto a mãe quanto a filha que é enteada de Edicleio Arrocho, teria confirmado o abuso, que a criança vinha sofrendo. A reportagem conversou com o acusado e o mesmo negou as acusações e ainda afirmou está impressionado com a acusação contra sua pessoa. “Não pratiquei tal ato. Por que não fazem exames em mim e nela. Sou inocente”, se defende Edicleio.

Texto: Neide Folha/reportagem: Caetano Silva

Preso suspeito da morte de cabo da PM

Eduardo Araújo Barbosa, 20 anos de idade, foi preso e apresentado na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, pela Polícia Militar por volta das 04h30 da manhã desta sexta feira, 13, suspeito de envolvimento na morte do Polícia Militar Raimundo Nonato Oliveira de Souza, cabo PM N. Oliveira, também conhecido por cabo "Santarém", torturado e morto na frente da família no interior de sua residência no bairro Cidade Jardim.

O caso aconteceu por volta das 23 h00 do dia 11 setembro, quando quatro supostos assaltantes invadiram a casa do policial que se preparava para dormir, momento em que passaram a torturar e a esfaquear-lo baleando a vítima com 4 tiros da própria arma.

Eduardo Araújo foi preso no bairro dos Minérios, mediante mandado de prisão temporária expedida pela justiça de Parauapebas.

Pela manhã o acusado foi encaminhado para exame de corpo de delito no IML de Parauapebas, e em seguida foi transferido para área carcerária da Susipe, onde ficará a disposição da justiça.

De acordo com a delegada Yanna Azevedo, diretora da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, a prisão de Eduardo Araújo se deu pela madrugada e foi apresentado pela PM. “Tínhamos em mãos o mandando temporário em desfavor do mesmo em virtude do envolvimento dele no homicídio do cabo PM Santarém. Com base nas investigações que está em sigilo todos esses dados serão relatados para impressa”, explicou à delegada.

Em entrevista para reportagem Eduardo Barbosa disse ser inocente, perguntado o por que havia sido preso, já que é inocente o mesmo respondeu “Armaram para cima de mim não tenho nada haver com o crime”, finalizou o suspeito. (Texto Neide Folha reportagem Caetano silva)

Motorista morre ao cair com veículo em ponte


O motorista Osório Neiva de Sousa, 62 anos de idade, foi encontrado morto por volta das 12h 20, de quinta-feira, 11, dentro do veículo que dirigia um Fiat Strada, cor branca, placa FFO-7083, SP, que teria caído em uma ponte de acesso à localidade Vila dos Pretos, estrada de acesso ao antigo garimpo do Sereno, zona rural de Curionópolis.
O sinistro foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Curionópolis por Manoel Barbosa de Sousa, irmão da vítima.

Na ocorrência consta que Osório Neiva, tráfegava pela estrada quando caiu da ponte falecendo no interior do veículo. Não há informações do que pode ter ocorrido.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, a vítima foi encontrada morta por populares que ao peceber o veículo dentro do ígarapé, desceram a ribanceira onde se depararam com Osório Neiva já sem vida dentro do carro.
O caso está sendo investigado pela Polícia Civil daquele município. (Caetano Silva)

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Homem é preso acusado de estuprar a própria enteada

Elves Araújo Santos, 26 anos de idade, Foi encaminhado para área carcerário da Susipe no bairro Rio Verde, na tarde de ontem terça-feira, 10, onde se encontra a disposição da justiça após ser preso acusado de estupro de vulnerável, contra o mesmo pesa a denúncia de estupro  tendo como vítima sua própria enteada de 11 anos de idade.
A prisão de Elves Araújo se deu por volta das 11h20 do dia anterior, em sua residência localizada no loteamento Santa Cruz, distante cerca de 30 quilômetros do centro de Prauapebas.

De acordo com a delegada Ana Caroline da Delegacia Especializada ao Atendimento a Mulher (DEAM), o caso vinha acontecendo desde janeiro, vindo átona na semana passada após a criança contar o que vinha lhe acontecendo para sua professora na escola momento em que relatou  os abusos que vinha sofrendo.

Com base nas informações a funcionária pública imediatamente acionou o  Conselho Tutelar que comunicou o caso para delegada. “Na semana passada o Conselho Tutelar nós procurou denunciando o abuso. Na  segunda-feira, 09,   enviei um investigador até a localidade para dar apoio a equipe do Conselho Tutelar, chegando lar a vítima confirmou os abusos sexuais, e a equipe trouxe ele para ser ouvido, imediatamente  representei pela prisão preventiva dele o que foi decretada pelo juiz plantonista. Desde de Janeiro  ele vinha abusando da criança”, contou a delegada. Elves Araújo negou os abusos sexuais e ainda chorou bastante emocionado perguntando o tempo todo se iria passar o resto da vida dele na cadeia.

Para a delegada o mesmo se diz arrependido, disse que quando sair da cadeia iria recomeçar sua vida. “O importante não é a versão dos fatos do abusador e sim a versão dos fatos da vítima que geralmente não tem testemunha, O depoimento da vítima tem um relevante valor probatório, tendo em vista que é muito difícil alguém presenciar um crime dessa natureza normalmente ele acontece entre quatro paredes”, explicou.

A  delegada deixa um alerta para que as vítimas não se calem ela  aconselhou para que  as vitimas  contem  para sua  mãe, professora, tias ou para algum adulto, ou  seja adultos que não coloque a vítima a prova é muito difícil que uma criança minta sobre um abuso sexual porque a criança reproduz o que ela visualizar ou que realmente ela sofre então que as mães não coloque a prova as palavras da vítima sempre que seus filhos ou alguma criança ou algum adolescente relatar  alguma Sena de abuso sexual que procure imediatamente a Delegacia de Polícia Civil ou o Conselho Tutelar ou ligue para os números  3346 8188 ( DEAM ),   94 99264 5348 Polícia Militar, ou procure o  Conselho Tutelar. A reportagem tentou conversar com o acusado, entretanto ele não quis falar com a imprensa. (texto: Neide Folha, reportagem Caetano Silva)

Morador de rua morre ao cair de bicicleta

O morador de rua identificado apenas pelo apelido de “Testemunha”, morreu instantaneamente no local ao cair com sua bicicleta em uma ribanceira. 
O caso aconteceu por volta das 19h20, de segunda-feira, 09, quando a vítima empurrava uma bicicleta as margens da rodovia PA-275, altura do bairro Beira Rio, Parauapebas. 

Segundo informações a vítima que estava embriagada caminhava pelo acostamento empurrando a bicicleta realizando o sentido bairro Rio Verde/Beira Rio, quando de repente teria tropeçado vindo a se desequilibrado descendo ribanceira a baixo, na queda “testemunha” bateu com a cabeça em uma pedra causando a morte do mesmo instantaneamente. 

No tombo o corpo do morador de rua ficou estendido ao lado de sua bicicleta na rua Perimetral Oeste, paralela a rodovia, mais precisamente em frente ao numero 153. Uma equipe do SAMU foi acionada, porém nada pode fazer para salvar a vida do morador de rua.

Pela posição em que o corpo e a pedra estavam foi levantada a hipótese de que o rapaz teria sido morto a pedrada, porém testemunhas oculares afirmaram que o mesmo realmente caiu. 

Após levantamento de praxe realizado pelo investigador de Polícia Civil Ricardo, o cadáver da vítima foi removido pela equipe do Instituto Médico Legal (IML), e se encontra na câmara fria do Centro de Perícia Cientifica Renato Chaves de Parauapebas, caso não seja reclamado pelos familiares os retos mortais do homem será enterrado como indigente. (Caetano Silva)

Suspeitos com arma

A viatura 2307 composta pelo sargento PM Pimentel e o cabo PM Rodrigo, apresentou na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas os nacionais Ronilton de Jesus Lima 32 anos de idade e Magno Alves Cunha 22, pegos em atitude suspeita quando tráfegavam uma moto, Honda, Broz, 160, cor branca, sem placa. A abordagem aconteceu por volta das 17h30 de segunda-feira, 09, na rua Tupinambá com rodovia PA-160, bairro Parque dos Carajás.

Além da moto sem placa que chamou a atenção da polícia, na revista pessoal nos suspeitos os PMs encontraram na cintura de um deles um revólver calibre 38 com três munições intactas e a numeração raspada.

"Estavamos fazendo ronda de rotina quando essa moto passou com dois elementos em cima, chamou a nossa atenção. Fizemos acompanhameno até certo ponto então os abordamos e na revista encontramos o revólver mediante isso demos voz de prisão a eles. Solicitamos os documentos deles os mesmos não tinham, pedimos os documentos da moto eles também não tinham. Explicou o policial.

Mediante o flagrante a dupla foi encaminhada para delegacia onde foi feito os procedimentos cabíveis.

Segundo a polícia a dupla reside no município de Canaã dos Carajás.
"Eles estavam esses dias na cidade fazendo arrastão, só se ouvia fala que a dupla de camisa rosa em uma Broz branca assaltou fulano e ciclano, mas hoje a casa deles caiu.
Tiramos mais uma dupla de assaltantes de circulação", comemorou.
Após a apresentação dos acusados foi realizado levantamento da moto através do chassis e segundo a polícia a placa da Broz é do município de Pacajá, Pará.

Procurados pela reportagem um dos suspeitos foi irônico ao responder que a moto era do repórter e não revelou como adquiriu o veículo.

Quanto a arma ele respondeu que havia comprado para se defender. Por falta do comparecimento de suas supostas vítimas a os dois acusados foram liberados após terem sido ouvidos em depoimento pelo delegado Dufray Abade. (Neide Folha com informações de Caetano Silva)

Acidente entre dois veículos deixa saldo de duas mortes

Duas pessoas morreram e outras duas ficaram feridas em um acidente envolvendo uma camionete Toyota, Hilux, cor branca, placa JHP-3155, Conceição do Araguaia/PA,

e o veículo Peugeot Partner, cor branca, placa NGB-3055, Panamá/GO. De acordo com informações levantadas no local pela reportagem, a tragédia aconteceu por volta das 21h10 de domingo, 08, na altura do km 04 da estrada de acesso ao projeto Salobo, distante cerca 15 quilômetros do centro de Parauapebas.

Na colisão que deixou os dois veículos com perda total e duas pessoas morreram, o motorista do Peugeot e um ocupante do banco traseiro da Hilux também morreu instantaneamente no local e outras duas pessoas inclusive o motorista da camionete e o ocupante do banco do carona ficaram gravemente feridos sendo socorridos por populares e encaminhadas para o Hospital Municipal de Parauapebas onde se encontram internados. 

Ainda de acordo com as informações na hora do sinistro a camionete Hilux tráfegava realizado o sentido Parauapebas/ Salobo quando teria sido colidido pelo veículo Peugeot conduzido por Dione Gambel da Conceição de Sousa, 29 anos de idade, que com a forte colisão frontal foi arremessado para fora do veículo caindo no meio da pista. Já a segunda vítima José Ribeiro Brandão, 49 anos de idade, que ocupava o banco de trás do Hilux morreu preso ao sinto de segurança.

(Caetano Silva)

sábado, 7 de outubro de 2017

PM prende trio acusado de traficar

A Polícia Militar tirou de circulação e apresentou na delegacia para o delegado plantonista José Aquino, o nacional Rômulo Sérgio Reis Silva de 19 anos de idade, formando um trio composto por ele e dois adolescentes menores de idade, pegos em flagrante acusado de tráfico de entorpecente.

Entre as três indivíduos apresentados estão dois adolescentes uma menina de 16 e um garoto17 anos de idade.De acordo com o sargento PM D. Santos, ele e o cabo PM Artur, realizavam roda de rotina na Vila Palmares Sul, quando por volta de 17h40, de quarta-feira,04, recebeu uma denúncia dando conta que no final da rua João pessoa, naquela Vila, havia uma casa com uns indivíduos comercializado entorpecente.

"Fomos até o local e ao chegar lá nos deparamos com um grupo de adolescentes. Na revista nos mesmos foi encontrado droga em uma bolsa, nas buscas no interior da casa a polícia encontrou mas entorpecente que estava em poder do adolescente. fizemos as buscas encontramos uma embalagem plástica com mais droga totalizando 25 papelotes da erva cannabis sativa popularmente conhecida por (Maconha), contou o PM.

Ao serem abordados pela polícia o adolescente confessou ser o dona da droga, alegando que está desempregado e como sua esposa está grávida o jeito foi vender droga.

Procurado pela reportagem Rômulo Sérgio Reis Silva negou ser dono da droga

Ele afirmou que não é usuário e nem tão pouco traficante.

(Neide Folha com informações de Caetano Silva)

PM prende quinteto após arrombar loja na 14

Horas depois do arrombamento a polícia prendeu os larápios
 em outro bairro.
Foram autuados e enquadrados no artigo 180, do Código Penal Brasileiro (CPB), pelo delegado José Aquino, os nacionais Marcos Oliveira Rodrigues, 23 anos de idade, Wanderson da Silva Silva, 20, Rafael Nascimento Silva,18, Antônio Viana Costa filho, 18, os mesmos foram  apresentados na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, sobre a acusação de receptação após terem sido pegos pela Polícia Militar com vários objetos furtados de uma loja na rua 14, bairro União.

De acordo com informações a loja teria sido arrombada por volta das 02h30, da madrugada por cinco indivíduos quatro homens e uma mulher “Loura”. Acionada a viatura do sargento PM Mendes e cabo PM Batista, conseguiram prender os acusados com parte dos produtos surrupiados da loja de bijuteria. A prisão do quinteto se deu por volta das 4h40, da manhã de quinta-feira, 05.
Relógios, anéis e cordões apreendidos em poder do quinteto.

De acordo com o dono da loja, no local  foram vistos quatro homens e uma mulher, que sem levantar suspeita conseguiram arrombar as portas do estabelecimento, de onde levaram varias mercadorias como relógios, cordões e anéis. Após ser acionada via Centro de Controle Operacional (CCO), a guarnição do sargento PM Mendes e cabo PM Batista, prenderam os ladrões em flagrante e delito.

 “Fomos acionados pelo CCO, que havia um motoqueiro em uma Honda Pop 100 fazendo arrastão no bairro Betânia ao se deslocar para região começamos a fazer roda e logo em seguida nos deparamos com três elementos que caminhavam pela Avenida Bartolomeu, abordados e revistados com os mesmos foram encontrados vários relógios anéis e cordões, perguntado sobre a origem dos objetos eles disseram que tinham trocado em um celular J5, no entanto a policia não caiu na lábia deles e os conduziu para a delegacia”, contou o policia, acrescentando que logo em seguida
 Após dobra a avenida se depararam com Marcos Oliveira e o adolescente na moto POP, denunciada pelo CCO. Ao perceberam a presença da viatura, ainda segundo o policial, os acusados jogaram algum no chão ao ser revistado foram encontrados com ele mais 4 Relógios que segundo eles teriam comprado por trinta reias.

Mediante mais esse flagrante a guarnição também deu voz de prisão para a dupla e os apresentou na  Depol. Ainda segundo o sargento Rafael Nascimento Silva, Wanderson da Silva Silva e Antônio Viana Costa filho, eram os elementos que estavam a pé e os que estavam na moto POP eram Marcos Oliveira Rodrigues e o adolescente de 17 anos de idade.

A reportagem conversou com a vítima proprietário da loja, ele contou que na hora do ocorrido um vizinho dele ligou dizendo que estavam batendo no portão e quando eu cheguei já tinham acontecido o arrombamento. O local estava arrombado a vitrine quebrada e tudo espalhado”, lamentou a vítima, frisando que os larápios levaram muita coisa. “Ainda não tenho base do prejuízo quando eu chegar em casa e que vou somar o prejuízo. por alto posso   crer que foi mais ou menos no valor de 50 s 60 Mil reais, eles foram bastante audacioso usaram um pedaço de ferro e outro de madeira minha porta tinha proteção mesmo assim eles conseguiram arrombar e entrar, além dos 5 indivíduos tinham uma mulher, afirma o dono da loja que agradece o desempenho da polícia que rapidamente prendeu os larápios. (Neide Folha com informações de Caetano Silva)

Homem é preso com meio kilo de maconha

Raimundo Campos disse para polícia que a droga apreendida
com ele seria para usar até o fim do ano
Por volta das 23h20 da noite de quinta-feira 5, a guarnição da Polícia Militar composta pelo tenente PM Costa e soldado PM Dércio prendeu e apesentou na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas o nacional Raimundo Campos, 33 anos de idade, acusado de tráfico de entorpecente.

Figura bastante conhecida da polícia, foi pego após denúncia anônima de moradores do residencial Alto Bonito dando conta de uma boca de fomo que vinha tentando se estalar no recém inaugurado residencial.
A maconha prensada e a balança de precisão encontrada
na residência de Raimundo Campos.

Ainda segundo informações Raimundo Campos reside no apartamento 41 do bloco 14 e teria sido fragrado vendendo a erva mardita cannabis sativa popularmente conhecida por (Maconha) na frente do bloco 04.

Preocupados com a proliferação desse câncer que vem dizimando muitas famílias moradores concientes denunciaram o caso a polícia que energicamente atendeu a ocorrência tendo êxito em tirar de circulação mais um fora da lei que na hora da abordagem e revista em seu apartamento se encontrava com meio quilo de maconha e uma balança de precisão.

"Por volta das 23h20, recebemos a informação que um indivíduo morador do Residencial Alto Bonito estaria comercializando entorpecente.

Fomos até o local localizarmos o suspeito, feito a abordagem, e na revista no interior da residência do mesmo encontramos meio quilo de maconha prensada, instante em que foi dado voz de prisão a ele, em seguida foi encaminhado para delegacia, conta o policial tenente Costa.

Perguntado pela polícia sobre a origem da maconha o mesmo respondeu que adquirido a droga de uma mulher desconhecida oriundo de Marabá. Disse ainda que a maconha era para ele usar até o final do ano.

Para reportagem o acusado Raimundo campos, disse ser usuário e nega ser traficante.

(Neide Folha com informações de Caetano Silva)

Mototaxista é preso por tentativa de estupro

Segundo a polícia Cleldeir  Lima enviou
fotos de sua genitália para criança 
Já se encontra preso a disposição da justiça em uma das celas da área carcerário da Susipe, no bairro Rio Verde, o Moto-taxista Cleldeir Lima de Almeida, 32 anos de idade, natural de Marabá-PA, o mesmo foi preso por volta das 16h30 , da ultima quarta-feira, 04, acusado de tentativa de estupro de vulnerável.

De acordo com informações o mesmo foi pego no bairro Cidade Jardim, pela Delegacia Especializada ao Atendimento a Mulher (DEAM), tendo a frente da pasta a delegada Anna Caroline.

Segundo informações a polícia chegou a Cleldeir Lima, após denúncia por parte da mãe da vítima uma criança de 12 anos de idade que estaria recebendo mensagens e fotos pornográfica enviada pelo acusado.

Consta nos autos que a delegada e o investigador Mário Almeida chegaram ao acusado após denúncia por parte da mãe da vítima que fiscalizando o celular da criança encontrou mensagens do acusado para a vítima. Ainda segundo a denúncia, a cerca de duas semana Cleldeir Almeida, enviava mensagens para o celular da menina pedindo para que ela mandasse para ele fotos dela nua, e também de suas partes íntimas.

Com intuito de induzir ainda mais a criança, o acusado oferecia dinheiro para ela. Entre as mensagens pornográficas que ele teria enviado para vítima o acusado relatava que iria beijá-la e tocar com a boca as partes íntimas da criança. Ele dizia ainda que só iria fazer com ela somente o que ela quisesse, e ainda mandou fotos de suas partes íntimas para a criança.

Entretanto o que ele não imaginava era que a mãe da sua quase vítima estava monitorando as conversas e havia denunciado o caso na delegacia da Mulher, que de imediato montou um plano para prender o acusado pedófilo. Achando que se tratava da criança o acusado marcou um encontro com a menina e quando se preparava para sair na moto com ela para sua casa onde pensava em manter relação sexual com a criança o mesmo foi interceptado pela delegada e o investigador Baiano que deram voz de prisão ao acusado, em seguida o mesmo foi encaminhado para delegacia e enquadrado no crime de tentativa de estupro de vulnerável.

 Na manhã do dia seguinte quando era conduzido da cela de passagem para ser ouvido em depoimento a reportagem tentou conversar com Cleldeir Lima, entretanto o mesmo não quis falar com a imprensa. Depois de ter sido ouvido em depoimento pela delegada Anna Caroline o acusado foi encaminhado para área carcerário do Sistema Prisional Susipe, no bairro Rio Verde.
(Caetano Silva)

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Feirões da Susipe oferecem produtos cultivados por detentos

Foto: Akira Unuma/Ascom Susipe
No feirão os produtos tradicionais do almoço do Círio são encontrados
com preços menores do que os praticados nas feiras e supermercados de Belém
Pelo quarto ano consecutivo, a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) promoverá nesta semana o Feirão do Círio, em duas datas. No feirão os produtos tradicionais do almoço do Círio são encontrados com preços menores do que os praticados nas feiras e supermercados de Belém. 

Haverá feirão nesta quarta-feira (4), no estacionamento do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) ,e na sexta-feira (06), na sede da Susipe, a partir das 7 horas. Serão comercializados mais de 3 mil itens, incluindo patos e suínos, tucupi, farinha de mandioca e jambu.

Todos os produtos resultam do trabalho dos internos do sistema penal ao longo do ano, por meio do Projeto Nascente. No período que antecipa o Círio de Nazaré, que este ano será realizado no dia 8 de outubro, a produção é intensificada.

Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese/PA), a maioria dos produtos do almoço do Círio está mais cara este ano, em comparação ao mesmo período do ano passado. A inflação dos últimos 12 meses gira em torno de 2,50%, mas muitos produtos do almoço tradicional tiveram reajustes maiores que a inflação do período analisado – 1º a 06 de setembro de 2017.

Qualidade - Nos feirões da Susipe, os preços são baseados naqueles praticados nas Centrais de Abastecimento do Pará (Ceasa), e os produtos primam pela qualidade. O pato abatido será vendido a R$ 20,00 o kilo; o maço do jambu a R$1,50; o litro do tucupi a R$ 4,00 e a farinha de mandioca a R$ 5,00 o litro. Todos os itens são livres de componentes químicos.

Os feirões também vão oferecer abóbora a R$ 2,00 o kg; acerola a R$1,50 o litro; alface comum, R$ 2,00 o maço; alface roxa, R$ 2,00 o maço; alfavaca, R$ 1,00 o maço; berinjela, R$ 2,00 o kg; cariru, R$ 1,00 o maço; chicória, R$ 1,00 o maço; coentro, R$ 3,00 o maço; couve, R$ 1,00 o maço; feijão da colônia, R$ 2,00 o kg; macaxeira, R$ 2,50 o kg; mamão, R$ 2,00 a unidade; melancia, R$ 1,00 o kg; ovos de pata, R$ 12,00 a dúzia; quiabo, R$ 1,00 o maço; tomate cereja, R$ 4,00 a bandeja, e urucum a R$ 3,00 a embalagem de 250 ml.

Durante os feirões, os detentos que participam do Projeto Nascente ajudam na comercialização. “A gente tem todo o cuidado com a higiene na hora da produção, para que todos possam ter um bom almoço no Círio, sem nenhum problema. É muito bom poder participar do Círio, ainda que dessa forma”, disse o interno Anderson Silva, custodiado na Colônia Penal Agrícola de Santa Izabel (Cpasi), onde são realizadas as ações do “Nascente”.

Além de adquirir produtos de qualidade, os compradores vão colaborar com a reinserção desses internos à sociedade. “Além de consumir produtos naturais, com qualidade superior aos encontrados nos supermercados, por trás de tudo isso existe a mão de obra carcerária capacitada, que faz com que as pessoas que estão inseridas neste projeto tenham noções de empreendedorismo, para que no futuro, quando estiverem livres, possam se sustentar com o aprendizado que tiveram quando estavam custodiados pela Susipe”, ressaltou o diretor de Reinserção Social da Susipe, Ivaldo Capeloni.

Serviço: I Feirão do Círio. Quarta-feira (4), no estacionamento da sede do Ibama, na Travessa Lomas Valentinas, 907, Bairro Sacramenta, em Belém.

II Feirão do Círio. Sexta-feira (06), na sede da Susipe, na Rua dos Tamoios, 1592, Bairro Batista Campos.

(Timóteo Lopes/Agência Para)

Naufrágio de navio com cinco mil bois vivos em Barcarena completa dois anos

Esta semana, completa dois anos da tragédia no rio Pará, em Barcarena, região metropolitana de Belém, quando um navio com mais de cinco mil bois vivos e 700 toneladas de óleo a bordo naufragou. A embarcação saía do porto de Vila do Conde, com destino à Venezuela.

A tragédia atingiu a vida de milhares de pessoas nessa região. As famílias prejudicadas contam que até hoje não foram indenizadas por causa da tragédia ambiental, social e econômica.

Depois de dois anos do naufrágio, o navio Haidar continua no fundo do rio Pará. Os animais que estavam a bordo morreram afogados, muitos presos na embarcação, em uma das cenas mais chocantes já vistas.

O banho nas águas foi proibido e o movimento de frequentadores das praias de Barcarena, Abaetetuba e ilhas vizinhas caiu. Pescadores também não puderam mais retirar o sustento dos rios e os impactos do naufrágio continuam sendo sentidos até hoje.

“As pessoas ficam com receio de comprar o peixe dos pescadores, pensando que ele está contaminado. Só que isso não procede. O nosso peixe está bom para o consumo, tanto que nós, moradores, nos alimentamos desse peixe também”, explica Kézia, representante do Centro Comunitário de Vila do Conde.

Vários laudos comprovam danos sociais e ambientais provocados pelo desastre que geram um valor mínimo de R$ 71 milhões em indenizações.

Dona Ana trabalhava em uma barraca, mas teve de fechar as portas, porque não tinha para quem vender. “Nós pagávamos aluguel, ai tivemos que sair do bar, porque não tínhamos como pagar, por causa do movimento, que acabou”, conta. “Desde quando aconteceu isso, aqui não presta mais pra nada”, avalia outra moradora.

Kézia conta que batalha por melhores condições de vida dos moradores e que em torno de 1.500 famílias devem ser indenizadas só em Vila do Conde. “Estivemos no dia 25 como Dr. Laércio, da promotoria de Barcarena, e a informação que ele nos passou foi que a partir desse mês talvez sejam chamadas as lideranças comunitárias para fazer o levantamento da lista dos moradores, para ver de que forma vamos ser beneficiados com a indenização”, diz.

Navio continua no fundo

O píer onde o navio naufragou continua interditado. Segundo o presidente da Companhia Docas do Pará, Parsival Pontes, os prejuízos têm sido grandes por causa da interdição dessa parte do porto. “Isso trouxe uma perda de receita mensal. Se esses dois beços estivessem operando, estaríamos com mais duzentos e cinquenta a trezentos mil reais ao mês. Outro navio não pode atracar ali porque o navio está naufragado naquela parte”, explica.

“Temos quase dois anos de naufrágio e uma conta de aproximadamente sete milhões de reais de prejuízos”, estima o presidente da CDP. Segundo ele, o órgão não tem recursos para fazer a retirada do navio. “A retirada e reflutuação do navio foi avaliada em R$ 60 milhões e a CDP jamais teria esse recurso”, diz. G1 Pará

terça-feira, 3 de outubro de 2017

ACIDENTE ENTRE DUAS MOTOS DEIXA UM MORTO E DOIS FERIDOS

José Oelton dos Santos Castro, 36 anos de idade, natural de Pindaré Mirim, (MA), morreu e seus dois amigos ficaram feridos em um acidente envolvendo as motos que ocupavam.

Segundo informações repassadas para policia os três amigos trafegavam pela PA-275, nas duas motos realizando o mesmo sentido, Parauapebas/Curionópolis, quando na entrada de um loteamento denominado Modão Chácara, as duas motos se chocaram matando José Oelton que pilotava a Honda/NXR 160, Bros, cor vermelha, placa QEC-2974, Parauapebas-PA, já os ocupantes da Honda, CG 150, Sport, preta, placa HQE-3190, Açailândia –MA, Sandoval dos Santos e Adriano ficaram feridos.
Ainda de acordo com as informações o fatídico aconteceu por volta das 20h30, de domingo, 01, na rodovia PA-275, altura da entrada do Modão Chácara, zona rural de Parauapebas distante cerca de 15 quilômetros do centro da cidade.

As informações dão conta que as vitimas eram amigos e minutos antes da tragédia estariam ingerindo bebida alcoólica juntas em uma propriedade localizada as margens da rodovia, a dois quilômetros do local do acidente.

Até o presente momento não há informações precisas quanto ao que pode ter ocorrido para que as duas motos viessem a se chocarem. Porém informações que estão sendo apuradas pela Policia Civil, dão conta que as vitimas que trafegavam no mesmo sentido teriam se chocado quando os mesmo iriam se separar uma vez que Sandoval e Adriano iriam entrar para o loteamento, e José Oelton que morava um pouco mais na frente iria passar direto, instante em que teriam colidido entre se. Minutos após a tragédia o SAMU foi acionado chegando ao local duas ambulâncias, Sandoval e Adriano que caíram na beira da pista foram socorridos e encaminhados ao Hospital municipal de Parauapebas.

Quanto a José Oelton dos Santos que segundo informações estaria sem capacete caiu fora da pista morrendo instantaneamente no local.

Após levantamento realizados pelos investigadores de Policia Civil, Humberto e Max, o corpo da vítima foi removido do local pela equipe do Instituto Médico Legal (IML), encaminhado para exame de necropsia no Centro de Perícia Renato Chaves de Parauapebas. Quanto aos dois veículos os mesmos foram trazidos para o pátio da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas onde passaram por perícia. (Caetano Silva)